segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Arquivo Público começa a colocar na internet jornais digitalizados

Documentos digitalizados pelo Arquivo Público de Uberaba começam a ser divulgados pela internet. Em breve, a instituição passará a contar com um site próprio que permitirá acesso rápido da história regional, mas, segundo a superintendente do órgão, Marta Zednik, até que isso aconteça, alguns jornais já estão sendo divulgados nas redes sociais e no site da Codiub.

A digitalização do acervo do Arquivo Público está sendo feita por estagiários do curso de História há quase dois anos. O serviço teve início pelos jornais, como o Lavoura e Comércio, que já está todo digitalizado. “Portanto, agora vamos disponibilizar esse acervo na internet. Começamos pelos jornais, depois as obras especiais, raras, e documentação do Arquivo Público do século dezenove. A divulgação deste trabalho é muito boa para a população, que poderá ter acesso em qualquer lugar, isso vai ao encontro do acesso à informação, que será livre, um grande avanço”, explica Marta.

De acordo com o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub), Maurides Dutra, será usado um servidor próprio que permitirá a operação. O equipamento já foi adquirido e deve chegar ao município nas próximas semanas. Os dados a serem disponibilizados no site independente terão como base um sistema cedido pelo Arquivo Público Mineiro (APM).

Por sua vez, a superintendente do Arquivo Público destaca que ainda não é possível precisar o dia ou o mês que entra em operação esse site, mas a expectativa é que seja ainda no primeiro semestre. “Já existe um funcionário por conta deste projeto do site. Mas, independente dele, já temos em operação um blog, que colocamos notícias e arquivo do acervo digitalizado, e ainda criamos recentemente uma página no Facebook para ampliar essa divulgação”, explica Marta.

Ela lembra que já está disponível no site da Codiub o acervo digitalizado do jornal Lavoura e Comércio, dos anos 1889 a 1943, o restante será divulgado em breve. Está sendo negociado ainda o arquivo do jornal Gazeta Uberaba para ser digitalizado. Trata-se de um periódico 10 anos mais velho que o Lavoura e Comércio.

Vale lembrar ainda que a disponibilização do acervo digitalizado é uma forma de preservar os documentos originais. “Na sede do Arquivo Público, muitas pesquisas já estão sendo feitas com o documento digital, isso é uma forma de preservação. Criamos recentemente um laboratório de restauro, pois também é preciso preservar aqueles documentos que estão deteriorados”, afirma.

Fonte: http://www.jmonline.com.br em 13.02.2015